Nerds-On

Informações, novidades e curiosidades. Tudo e mais um pouco sobre tecnologia da informação


2 Comentários

Testes ágeis com mapas mentais

Vou falar hoje de Testes ágeis, um assunto que está muito em alta na área de desenvolvimento de software e que muitas pessoas estão estudando sobre o assunto para tornar os testes mais ágeis ou para acoplar os testes a um processo de desenvolvimento ágil.

agile

Processos de teste se tornaram comuns com tanta concorrência entre empresas e clientes cada vez mais exigentes. Estes processos normalmente acompanham processos de desenvolvimento baseados em modelos tradicionais e pesados, gerando assim um processo de testes tradicional e pesado também.

O que tem evoluído muito e que também tem ganhado espaço nas empresas de desenvolvimento de software são os processos e metodologias ágeis. Estes têm como princípio quebrar as atividades em partes menores com respostas mais rápidas e entregas em períodos mais curtos.

Para acompanhar essa onda de desenvolvimento em processos ágeis os profissionais da área de teste estão em busca de métodos para tornar os testes mais ágeis com respostas mais rápidas, porém que consigam manter a mesma qualidade dos processos de testes tradicionais.

Continuar lendo


3 Comentários

Tornando os aplicativos mais interessantes – Gamification

Olá pessoal, tudo bem com vocês? Eu sou o Tiago Booz, e vou postar aqui no Nerds-On assuntos relacionados a usabilidade e arquitetura de informação, gerenciamento de projetos, análise de sistemas, e o que mais eu achar relevante pra contribuir. :P

Press start

Vou começar falando de um termo que para muitos pode não ser tão comum, mas acredito que a maioria de vocês já deve ter tido algum tipo de contato com alguma ferramenta que se utiliza das técnicas do “Gamification”!.

Tudo pode ser um jogo.

Tudo pode ser um jogo.

Gamification (ou gamificação – o termo até já foi abrasileirado) é o uso de mecânicas de jogos e técnicas de design de jogos em contextos reais e virtuais que não estejam relacionados diretamente a um jogo (e quando falo de jogo, falo de qualquer tipo de jogo, seja uma partida de Banco Imobiliário, ou mesmo uma partida de FIFA 13 com os amigos).

O gamification pode ser aplicado em qualquer tipo de negócio: processo, serviço, software, vendas, e por aí vai. Adota-se o uso do gamification para tornar um negócio mais atrativo e divertido, buscando fidelizar os usuários, promovendo uma competição sadia – como uma partida de Call of Duty com os amigos, ou mesmo quando você e seus amigos competiam pra saber quem fazia o maior score em Tetris, naqueles Brick Games dos anos 90. Continuar lendo


9 Comentários

Allpairs – Gerador de casos de testes

Pairwise é um método conhecido na comunidade de testes por diminuir consideravelmente a quantidade de testes quando se necessita testar a combinação de muitas variáveis. Basicamente é feita a combinação por pares das variáveis e removidas as situações que se repetem.

Fazer essas combinações quando se tem uma pequena quantidade de variáveis até é viável manualmente; porém conforme a quantidade de variáveis aumenta, a quantidade de testes necessários também aumenta geometricamente.

James Marcus Bach

Pensando em otimizar esse processo de levantamento de ideias      baseadas no método pairwise, a Satisfice Inc, empresa de James Marcus Bach (foto), desenvolveu uma ferramenta chamada AllPairs, a qual gera casos de teste utilizando o método pairwise baseado nas variáveis informadas pelo usuário.

Quando utilizado o método pairwise combinam-se os valores informados de cada variável, fazendo com que a quantidade de casos de teste seja o produto das quantidades de valores de cada variável, ou seja, se houver uma situação que tenha 10 variáveis com 2 valores possíveis cada, isso vai resultar em 1024 casos de teste diferentes.

Ao utilizar a ferramenta AllPairs, ela vai gerar uma tabela com todas as combinações pareadas possíveis e também outra tabela com as combinações de pares mais prováveis que possam ocorrer, diminuindo – neste caso – de 1024 para apenas 10 combinações de variáveis.

Continuar lendo